AINDA PRECISO FAZER TESTE COVID-19 PARA VIAJAR?


Fronteiras se flexibilizaram no mundo inteiro e o uso de máscaras de proteção está deixando de ser obrigatório em muitos países. No entanto, as contaminações pelo coronavírus continuam e o “retorno à normalidade” não significa que devemos deixar os cuidados de lado. Neste post, vamos te apresentar algumas razões para fazer teste de Covid-19 para viajar e ter maior segurança e economia.

Você verá que fazer um teste prévio ao embarque pode ser mais vantajoso, evitar perrengues e pesar menos no seu bolso. 

Além disso, também mostraremos como adquirir seu seguro viagem com desconto para imprevistos de saúde!

Um dos piores cenários para um viajante é investir em um destino e não conseguir aproveitá-lo. 

Só quem já passou pela situação de adoecer em viagem sabe o quanto é chato ficar no hotel para se recuperar e deixar de curtir os atrativos ou perder reservas por causa de indisposições, dores e outros sintomas.

Ainda mais se tratando de uma doença altamente contagiosa, mais do que um ou dois dias isolado, será preciso ao menos uma semana sem aproveitar o lugar até a recuperação, por isso, melhor do que correr o risco de ficar indisposto e acabar desperdiçando a viagem, é melhor realizar um teste de Covid-19 previamente.

Apesar das autoridades sanitárias de diversas nações estarem aceitando a vacinação completa como principal requisito para entrada de turistas, o teste de Covid-19 para viajar aos territórios não foi totalmente abolido.

Para alguns lugares, ele ainda é uma das exigências para o embarque; em outros, o comprovante com resultado negativo pode ser opcional, mas você pode acabar sendo submetido a uma testagem aleatória no desembarque.

Para destinos que se aplicam ao segundo caso, é melhor já ter o teste em mãos do que arriscar descobrir a contaminação pelo coronavírus já no destino.

| Maiores gastos em caso de contaminação fora do Brasil

Uma coisa que ninguém gosta de colocar no orçamento de viagem são gastos com testes de Covid-19. Mas já parou para pensar que talvez seja melhor pagar por eles em Reais do que em moedas mais valorizadas ou de forma emergencial para resultados rápidos em outros países?

Deixar para realizar o exame apenas no destino é um risco, pois, além de poder ser mais caro, caso você tenha resultado positivo, precisará repetir o procedimento algumas vezes, gerando uma despesa imprevista.

Então, garantir que você está embarcando sem estar contaminado e se cuidar durante as experiências são as melhores maneiras de se precaver para não arcar com testes fora do previsto.
Atendimento hospitalar em outros países

Você já deve saber se que encontrar sistema público de saúde em outros países será praticamente impossível, sobretudo para turistas. Além disso, pagar por atendimentos médicos fora do Brasil costuma ser bem caro e se você não tiver um seguro de viagem com cobertura para as consultas, exames e necessidades médicas, terá que gastar muito para se cuidar.

Ademais, você pode ter a necessidade de explicar sua situação em outro idioma para atendentes e profissionais de saúde e isso nem sempre é fácil para alguns viajantes.

Por prevenção, viaje com a certeza de não estar doente no momento de embarque e evite precisar comprometer seu tempo e dinheiro tendo que ir a hospitais e tentando resolver seu caso durante viagem.

De toda forma, viajar com o seguro viagem para cobrir imprevistos e ter garantia de atendimento serve não só para Covid-19, como também para diversas outras situações de saúde.

--------------------------------------------------------
Fonte: Estevam Pelo Mundo
Data: 21/07/2022 -Milena Lopes
---------------------------------------------------------

Parceiro / Anunciante