menu

14 de janeiro de 2022

OH MINAS GERAIS | UaiSôMochilando Blog

Por: Junior de Carvalho


O ano de 2022 começou com muitas expectativas boa, começamos o anos pedindo muitas coisas boas, estávamos com expectativas incríveis para a implantação de um protejo novo e a nossa esperança era realmente muito boa. O nosso ano de 2022 no blog começou, na verdade, em Dezembro 2021, quando começaríamos nosso primeiro novo projeto, o Mochilando Pelas Gerais, que já tem até uma aba no menu do blog acima, aguardando os conteúdos específicos.


Gravaríamos, na ultima semana de Dezembro de 2021, o primeiro episódio, mostrando Belo Horizonte, "a capital de todos os mineiros". Entretanto "a cidade do mais belo horizonte", teve que ficar para outro dia, pois ficamos gripados, mas no primeiro momento chegamos a ser colocados como em suspeita de covid-19, mesmo estando devidamente vacinados, com duas doses de AstraZeneca.
No dia do natal, 25 de Dezembro, eu (Junior de Carvalho) passei muito mal e precisei tomar um remedim para dormir (não façam isso!).
Sendo assim, as gravações do primeiro episódio foram canceladas e começamos a revisar o material e o planejamento para os próximos destinos / episódios planejados, que seriam em Brumadinho (em Janeiro), que fará (ou faria) no dia 25, o memorial anual das vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho; falamos a respeito da nossa opinião sobre o que aconteceu aqui; e em seguida iríamos a Ouro Preto (em Fevereiro), cujo roteiro está pronto desde 2019, e é uma cidade que queremos muito visitar gravando para o nosso canal no YouTube, embora já temos algumas matérias escritas aqui no blog, com destaque para "OURO PRETO - MG", que foi escrita e postada por mim, em 2018.
Na nossa lista, embora não estava marcada uma data para irmos conhecer, estava Capitólio, que temos um vídeo em nosso canal, que foi gravado pelo nosso amigo Julio Lemos, assista logo abaixo, e que amigos nossos foram conhecer e estavam nos falando muito sobre os cânions e sobre como o lugar é lindo. Porém...

CAPITÓLIO MG POR JÚLIO LEMOS:

Até mesmo o nosso município, Betim, foi muito atingido pelos temporais que caíram sobre Minas Gerais nos primeiros dias de 2022, a nossa rua ficou alagada no domingo (9), com o grande volume de chuvas.

- Brumadinho -

Devido as chuvas, o Rio Paraopeba encheu, saindo de sua calha em diversos pontos, como no município de Rio Acima, em Raposos e em Brumadinho.
Depois do rompimento da Barragem do Mina do Córrego do Feijão, Brumadinho ficou nos holofotes por muito tempo, ainda há desaparecidos e muita coisa precisa ser esclarecida sobre o tema.
A cidade não é um polo turístico, mas possui diversas pousadas para descanso e é onde fica o Inhotim, que já mostramos no canal algumas vezes, destaque para o vídeo Feriadão no Inhotim, e tivemos lá quando da reabertura após a tragédia do rompimento da barragem da Vale, no vídeo Inhotim Reabre Após Sete Meses Fechado.
A cheia do Rio Paraopeba, que saiu de sua calha, inundou a cidade, causando diversos transtornos e desabrigando muitos moradores.
O município ficou ilhado, com acessos alagados e outros que ficaram destruídos, água para consumo estava sendo entregue de barco.
Regiões da cidade ficaram sem agua e sem energia elétrica.
Não há informações oficiais, mas o evento do dia 25 de janeiro deve ser cancelado, diante da situação da enchente.
Em nota, a prefeitura, sobre o momento de calamidade, disse:

"A Prefeitura vem trabalhando arduamente desde o sábado (08), com foco no resgate e cuidado aos desabrigados, que estão alojados em diversos pontos do Município. O CRASEC-Saúde (Centro de Referência de Assistência Social Especializado em Calamidades), uma parceria das secretarias de Desenvolvimento Social e de Saúde, está à frente das ações junto à Defesa Civil. A Prefeitura também vem trabalhando junto às mineradoras, CEMIG e COPASA para que as estradas possam ser liberadas e o fornecimento de água e energia retorne para todo o Município, o que já está acontecendo gradativamente desde a noite de ontem (11)".



- Ouro Preto -

Em Ouro Preto, as chuvas deixaram a população preocupada com deslizamentos de encostas. Recebíamos notícias da gravidade dos fatos por lá, mas abafados pelas noticias na região metropolitana, com o rompimento da Barragem do Morro do Pau Branco, da siderurgia Vallourec, que inclusive bloqueou a BR 040 no município de Nova Lima, e em seguida pela tragédia em Capitólio.
A cidade teve pontos de alagamento, o terminal rodoviário foi fechado devido ao desmoronamento de parte de um morro, que caiu sobre a estrutura da rodoviária, além de outras medidas, que foram tomadas pela prefeitura do município.
Quem chega a Ouro Preto, passou a embarcar/desembarcar no terminal turístico, por este motivo.

Mas a cereja do bolo foi o deslizamento no Morro da Forca, localizado bem perto do centro histórico da cidade.
A defesa civil está em alerta e pede aos moradores que não fiquem nas áreas de risco, haja visto o solo estar muito encharcado.
O acidente destruiu dois imóveis e atingiu um terceiro, sendo que, dentre os imóveis, havia um casarão do século XIX, que foi integralmente perdido.

"É importante destacar que a atuação preventiva do Corpo de Bombeiros juntamente com a Defesa Civil Municipal de Ouro Preto foi decisiva para que não existissem vítimas nesse caso, uma vez que o local já se encontrava isolado e evacuado preventivamente"
_ afirmou o tenente Pedro Aihara, porta-voz da corporação.

- Capitólio - 

A tragédia em Capitólio tem detalhes que deixam as coisas muito obscuras. Entretanto, focando nos fatos, houve 10 mortes, sendo que o piloto da Embarcação Jesus, a que foi atingida em cheio pelo pedaço do paredão que desabou, que morreu no acidente, era conhecido de amigos nossos aqui de Betim, onde sua família reside e foi sepultado; o que causou ainda mais comoção.
No momento da tragédia, a familia estava sofrendo com o alagamento de seu imóvel, aqui em Betim.

Enquanto estávamos de olho nos acontecimentos com o rompimento da Barragem do Pau Branco, em Nova Lima, chegou a notícia que parte do paredão do cânions de Capitólio havia desabado e caído sobre uma embarcação.
Primeiro acreditávamos ser uma fake news, mas não demorou a aparecer fotos e vídeos.

Sobre Capitólio, não havíamos determinado uma data para visitar, mas estava em nossos planos para o ano de 2022, dentro do Mochilando Pelas Gerais, que está sem data para começarmos a gravar os episódios para o YouTube.
Fato é que este anos não foi somente a pandemia que estragou os nossos planos, esperamos que melhore bastante agora - a partir de fevereiro - para que tenhamos mais conteúdos para vocês, tanto aqui no blog, quanto no YouTube e em nossas redes socias.