menu

15 de dezembro de 2021

GOVERNO BUSCA FORTALECER CULTURA E TURISMO | UaiSôMochilando Blog

UaiSôMochilando News


Governo de Minas Gerais busca fortalecer Cultura e Turismo nos municípios mineiros. O objetivos são promover atrações, melhorar a visibilidade e a visitação nos municípios, além de investir em políticas públicas voltadas para os setores

A mineiridade marcou o 1º Encontro Estadual de Gestores Municipais de Cultura e Turismo de Minas Gerais, realizado no dia 7 de dezembro de 2021, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Cerca de 400 representantes de municípios participaram do evento promovido pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), com as cidades do estado.

O encontro, realizado pela primeira vez de forma presencial, foi oportunidade para o fortalecimento das políticas públicas de cultura e turismo no estado e maior aproximação entre a Secult e os municípios mineiros. Além disso, houve troca de experiências e intercâmbio de projetos de sucesso dentro das áreas de Cultura e do Turismo.

O evento contou com a presença do governador Romeu Zema, do secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, do secretário-adjunto da Secult, Bernardo Brandão, dos subsecretários de Turismo, Milena Pedrosa, e de Cultura, Mauricio Canguçu, além de representantes da Fecitur, Rede de Gestores de Cultura e Turismo de Minas Gerais, AMM, das Instâncias de Governança Regionais e entidades do Sistema Estadual de Cultura.

O governador Romeu Zema reconheceu as dificuldades vividas pela Cultura e Turismo durante a pandemia e enfatizou o momento de retomada e a importância de toda a cadeia produtiva dos setores para a economia. “Ninguém bate na porta da minha casa, mas bate na porta de vocês (gestores municipais). São vocês que sabem a realidade de cada cidade”, disse.

Já o secretário Leônidas destacou projetos, como o Secult no Município, que tem ido às cidades mineiras para discutir políticas e projetos de Cultura e Turismo, para o desenvolvimento das regiões. “Temos aprendido muito com os municípios mineiros, que têm muito a ensinar para a capital, para as políticas públicas, e também ensinar que Minas Gerais é muito maior e dinâmica. Que é onde está a mineiridade. Minas só se faz a partir de suas cidades, distritos, povoados, de sua gente. Temos três projetos-base, o Reviva Turismo, o Descentra Cultura, para descentralizar as ações e fazer os recursos chegarem aos municípios, e o Secult no Município”, salientou o secretário.

Oliveira também pontuou a importância da aprovação do Projeto de Lei do Descentra Cultura, que foi entregue pelo Governo de Minas para a tramitação na Assembleia Legislativa. 

A proposta dinamiza mecanismos de fomento e inclui políticas públicas de cultura em todo o estado.

O presidente da Rede de Gestores de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Sérgio de Paula, afirmou que o evento é a realização de um sonho. “O maior objetivo da rede é ser uma ferramenta de articulação entre os gestores municipais, com troca de experiências para o fomento e incentivo da cultura e turismo no nosso estado. É no município que se vive a realidade do setor, dificuldades e distribuição de recursos. Temos hoje na rede mais de 700 municípios e graças ao esforços feitos pela Secult”, disse.