menu

17 de dezembro de 2021

BETIM, A NOSSA CIDADE | UaiSôMochilando Blog

Por: Junior de Carvalho


Hoje, Betim completa 83 anos de fundação e vamos falar aqui sobre a cidade onde o UaiSôMochilando tem a sua sede.
Betim foi elevada a distrito em 1801 e a município em 1938, em reforma administrativa empreendida pelo governo do estado. Grande impulso econômico aconteceu na década de 1960, com a instalação da Refinaria Gabriel Passos e da Fiat Automóveis, por iniciativa do governador Rondon Pacheco. A industrialização de Betim mudou seu caráter de cidade interiorana, multiplicando sua população e diversificando sua cultura.


Localização: Betim encontra-se na metalúrgica da região metropolitana de Belo Horizonte.

Principais monumentos



Monumento de emancipação do Município, localizado na confluência da Av. Gov. Valadares com Av. Amazonas.
Monumento de inauguração da Rodovia Fernão Dias, localizado na confluência desta com a Av. Bandeirantes.
Monumento à Antiga Matriz de N. Sra. do Carmo, demolida em 1969. Este monumento fica na Praça Milton Campos
Monumento aos 60 anos da emancipação do Município, localizado na cabeceira da Av. Juscelino Kubitschek

Bens culturais tombados


Casa da Cultura Josephina Bento
Capela de Nossa Senhora do Rosário
Estação Ferroviária
Colégio Comercial Betinense (atual Museu da cidade)
Portal da Colônia Santa Isabel
Conjunto Urbano da Colônia Santa Isabel
Acervo de objetos da Antiga Matriz e do Padre Osório Braga
Capela São Sebastião do Bairro Amazonas
Usina Hidrelétrica Dr. Gravatá
Monumento à Inauguração da Rodovia Fernão Dias
Caixa D’Água do Complexo Praça Milton Campos

Há poucos registros sobre a ocupação da região de Betim antes da chegada dos luso-brasileiros no século XVIII. 
No seu território, foram encontrados vestígios líticos lascados (área de implantação da alça viária que interliga as rodovias federais BR 381 e BR 262). 

O Museu da Cidade abriga também vestígios líticos polidos (lâminas de machado) encontrados nos bairros Capelinha e Açude. 
A região onde hoje se situa Betim foi ocupada por luso-brasileiros a partir do final do século XVII, quando sertanistas e aventureiros paulistas descobriram metais e pedras preciosas em Minas. 

Três cartas de sesmaria foram concedidas em seu atual território em 1711, sendo mais conhecida a que foi concedida ao bandeirante Joseph Rodrigues Betim, genro de Borba Gato e ligado à bandeira de Fernão Dias. 
Seu primeiro núcleo de povoação a ganhar relevância foi o Arraial da Bandeirinha, responsável pela ereção da Capela Nova do Monte do Carmo, que depois deu nome à região. 

Conhecida desde então como Capela Nova do Betim, a região se consolidou como ponto de parada de tropeiros e produção para o abastecimento das regiões mineradoras de Minas. 







Turismo / Principais Pontos turísticos



Horto Municipal e Ginásio Poliesportivo Divino Braga
Casa da Cultura Josefina Bento
Barragem Várzea das Flores
Parque de Exposições David Gonçalves Lara
Centro Artístico Cultural Frei Estanislau - Bairro Jardim Teresópolis
Centro Popular de Cultura Frei Francisco Van Der Poel (Frei Chico) - PTB
Capela de Nossa Senhora do Rosário
Igreja de São Sebastião (várzea das Flores)
Capela de São Sebastião (do bairro Amazonas)
Igreja de Nossa Senhora do Carmo
Salão do Encontro (SASFRA) importante centro de artesanato cujo trabalho tornou a arte betinense reconhecida mundialmente (atualmente somente a escola infantil permanece em funcionamento)
Colônia Santa Isabel
Museu Paulo Araújo Moreira Gontijo
Praça da Cacimba
Igreja de São Cristóvão (réplica da antiga Matriz demolida em 1969)
Estação Ferroviária de Betim


-------------------------------------------
Fonte: Jornal O Tempo / Wikipédia
-------------------------------------------