menu

Anuncie aqui.

18 de junho de 2016

10 ERROS DE VIAGEM MAIS COMUNS DE ACONTECEREM:

Por: Junior de Carvalho


Quanto mais experiente é o mochileiro ou viajante, mais histórias de erros e mancadas de viagem que cometeu ele tem para contar.

Quem nunca perdeu o voo ou esqueceu de carregar a bateria da máquina fotográfica antes de sair para um tour que atire a primeira pedra!!!

Estar em m lugar desconhecido e acabar dando uma mancada é uma coisa normal, principalmente quando você está no exterior, pela questão do idioma e as vezes por confiar demais no guia turístico.

Aliás, confiar totalmente no agente de viagens pode não ser uma boa ideia, pois eles lidam com grandes grupos e nem sempre percebem quando faltou uma pessoa aqui ou um visto ali.

Então a primeira dica é: fazer você mesmo a sua 'check list' de itens essenciais para a viagem e, assim, minimizar o risco de embarcar em possíveis furadas.

É verdade que existem alguns itens são óbvios, como documentação, reservas e passagens; mas outros nem sempre.

Exemplo: viajando para o litoral, praias linda e "sol", como no Havaí..., mas cai uma tempestade e na mala só tem roupa de banho, bermuda e camiseta.

Então vamos fazer aqui uma pequena lista de 10 erros gritantes que podemos evitar em uma viagem e com isso ter boas histórias pra contar, mas sem mancadas.

DURANTE VIAGENS E PASSEIOS CARREGAR DOCUMENTOS ORIGINAIS:


A regra de ouro e número 1 de todo viajante é manter identidade (quando no Brasil) ou seu passaporte em segurança (quando no exterior).

Em outras palavras, o lugar do seu documento não é na rua, dentro da sua bolsa, carteira ou mochila, mas sim trancado no locker ou cofre do hotel.

Quando precisar levá-lo, use uma bolsinha por baixo da roupa ou carregue sempre uma cópia, assim, você evita perdas, roubos e todo o estresse de ter que fazer um documento emergencial, principalmente em um país estrangeiro.

NÃO TER UM HOSPEDAGEM MARCADA


Não ter um lugar para dormir, mesmo se você é do tipo que gosta de chegar na cidade, sentir o clima e só então escolher onde se hospedar, é bom ter uma reserva para dormir pelo menos na primeira noite. Isso evita que, tendo atrasos no percurso, você chegue depois do horário de fechamento do comércio (especialmente em cidades pequenas e praias), ou tenha que aceitar o único quarto caríssimo que sobrou no hotel, ou ser obrigado a dormir no banco da praça se estiver ocorrendo um
grande evento local e todos os leitos estiverem ocupados.

Não custa evitar isto tudo, se vai viajar, viaje com tudo programado. Eu, pessoalmente, prefiro efetuar as minhas viagens comprando pacotes. Mas ainda que a viagem seja toda programada por você sem ajuda de agencia, vale a pena ter este cuidado.

ESQUECER DE CARREGAR A CÂMERA


Às vezes, esse erro é remediável comprando uma bateria nova, já que muitos pontos turísticos são cheio de lojinhas de equipamentos fotográficos exatamente pensando nos desastrados.

O problema é que nem todo equipamento tem baterias disponível em qualquer lugar e nem todo lugar turístico tem lojinha pra vender.

Já aconteceu comigo: em 2013, quando fui a primeira vez em Trancoso, achei que tinha carregado a bateria. Antes de chegar a praia a surpresa, tinha meia carta somente. Registrei todo o lugar, em nosso canal no YouTube tem o vídeo que efetuei com material de 2013 e 2013, mas... a volta para o hotel não teve uma foto, apenas de 2014.

Dica: Para evitar que isto ocorra, leve consigo o carregado da câmera ou baterias extras. Em 2015 viajei com duas baterias (uma extra) e deu certo, em nenhum dos passeio fiquei sem imagens.

TROCAR DINHEIRO NA RUA E NÃO EM BANCOS OU CASAS DE CÂMBIO


Trocar dinheiro na rua: Só faça isso em caso de total falta de opção porque sempre se corre o risco de receber notas falsas.

Melhor pagar um pouco mais em um câmbio do que tentar se dar bem e acabar tendo que fazer um BO em um país estrangeiro.

Conheço uma pessoa que teve este tipo de problema quando estava na Argentina, quando trocou dinheiro com um taxista. Resultado, notas falsas e prejuízo no bolso.

ESQUECER DE LEVAR ROUPAS ADEQUADAMENTE


Só levar roupa para uma estação é muito arriscado, mesmo que você vá para o Saara no verão ou para a Antártida no inverno, leve pelo menos uma muda de roupa para a temperatura oposta.

Ambientes fechados muitas vezes são climatizados e podem ter temperaturas extremamente diferentes das que você enfrenta do lado de fora e nada impede que aquela virada no tempo, que não se via há 15 anos, aconteça exatamente quando você estiver por lá.

Então carregue roupas para frio e para calor.

FIQUE ATENTO AOS HORÁRIOS


Não cuidar os horários do local de hospedagem e dos passeios pode dar uma dor de cabeça. Imagine dar de cara com a porta fechada e uma plaquinha dizendo ‘das 8h às 22h’.

Nem todo estabelecimento tem recepção funcionando 24 horas, principalmente hostels e hotéis pequenos. Então preste atenção ao horário que você vai chegar e confira se eles estarão abertos. Na maioria das vezes, basta mandar um e-mail e haverá alguém esperando para abrir a porta.

Quanto a passeios, há lugares em que você pode perder a saída por 5 minutos e daí já era.

NÃO MARCAR OS PASSEIOS COM ANTECEDÊNCIA


Nos passeios mais requisitados pode acontecer de ao deixar para ultima hora não ter vaga, portanto planejamento da viagem é tudo para que você conheça o destino para o qual você for sem o menor percalço que seja.

Parece algo bobo, mas marcar um tour antecipadamente significa ter aquele passeio garantido. Em 2014 não consegui vaga para um passeio em Porto Seguro que é top, por que não tinha mais vaga na van.

NÃO PERCA O HORÁRIO DO VOO


Nunca subestime a distância, o trânsito e tampouco a fila de check in.

Parece sua mãe falando, mas saia, sim, com toda a antecedência possível, principalmente se você não conhecer o caminho até o aeroporto. Perder o voo na cidade de destino na volta por der "a dor de cabeça".

Pesquise detalhes sobre onde fica o terminal da sua companhia aérea, pois há aeroportos gigantescos pelo mundo e muitos deles podem ser distantes ou necessitar de transporte interno, como o de Guarulhos em SP; se puder, faça o check in antecipado pela internet.

No mais é só curtir a viagem.

Se você tem alguma dica para não pagar mico e com isso não ter dor de cabeça em uma viagem, deixe seu comentário neste post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário