menu

spider

boobox

13 de dezembro de 2017

BELO HORIZONTE 120 ANOS

Por: Júnior de Carvalho 


Pessoal, aniversário da capital de todos os mineiros. Neste post vamos falar um pouquinho desta cidade, uma capital "jovem" e cheia de histórias.



Quem nasce em BH é belorizontino, sou belorizontino desde 1980, vivendo neste cidade que aprendi a admirar e a amar como minha cidade natal, cheia de lugares, de referências e histórias.

Já fiz alguns "passeios" por BH que até eu mesmo não acredito "onde eu tava com a cabeça pra fazer isto", mas como Belo Horizonte é uma cidade grande, acaba que a gente é obrigado a se aventurar em uma selva de pedras.

Mercado Central de Belo Horizonte


O mercado é um ponto turístico tão bacana e marcante para o belorizontino, que a cidade tem dois mercados. Obviamente o referência é o Mercado Central ou Mercado Velho.


Se tem um lugar em que se pode dizer que todos os sentidos do corpo podem ser testados, este lugar é sem  dúvida o Mercado Central de Belo Horizonte, o chamado Mercado Velho. 

Caminhar por ele é ver de tudo: artesanato, carne, pet shop, aquarios, bijuterias, restaurantes, chocolaterias... e sem contar o famoso "figado com jiló", que eu não gosto, mas que vejo as pessoas comendo como eu como uma porção de contra-filé com fritas.. (risos).


Não é um lugar bonito como um shopping-center, mas é muito legal e vale a pena tirar um dia e ir a tarde passear lá.



Praça da Estação


Como Belo Horizonte foi a primeira capital planejada do Brasil, era aqui que as pessoas chegavam a nova cidade. Hoje saem do lugar as linhas do Move Metropolitano, o Metrô e o trem BH-Vitória.

É comum ver casais fazendo ensaio fotográfico, até porque é um lugar muito bonito, mas está mau cuidado graças a ação de moradores de rua. Ainda assim é um dos pontos turísticos da capital de todos os mineiros.



Praça Sete / Avenida Afonso Pena


Ponto de referência, a Praça Sete é o ponto mais icônico de Belo Horizonte, sendo marcado pelo obelisco feito em pedra que fora construído na praça original e que até hoje o monumento marcante da praça.

No lugar passam milhares e milhares de pessoas por dia, é o ponto de encontro de duas grande, e por quê não dizer, principais avenidas da cidade: Avenida Afonso Pena e Avenida Amazonas, sendo ainda cortada pela rua Rio de Janeiro e Rua Carijós.

A avenida principal da região central, a Afonso Pena, não é somente uma avenida, ela é também ponto de referência e nela se concentram lugares importante.

Ela começa na Praça Rio Branco, onde se encontra a rodoviária de BH.  Passa pela Praça 7, Prefeitura de BH, Parque Municipal, Palácio das Artes, Praça Tiradentes e termina na Praça do Papa...

Em breve falaremos mais sobre BH.