menu

Anuncie aqui.

7 de junho de 2017

CIRCUITO DAS GRUTAS - GRUTA DO MAQUINÉ

Por: Junior de Carvalho


Fala Galera mochileira, hoje vamos terminar mais uma trilogia, a do Circuito da Grutas. Vamos fechar "com chave de ouro" falando sobre a mais famosa das três grutas, mas com um detalhe muito importante que é o fato de que, embora tenha características especificas nos mostras como nosso país é cheio de lugares maravilhosos.





Visitar uma gruta  é como a fazer uma viagem subterrânea em meio às belezas naturais, é aventura garantida para quem visita a Gruta do Maquiné.





Detalhes Históricos:

Localizada na cidade de Cordisburgo, cerca 120 km de Belo Horizonte. A caverna, descoberta em 1825, pelo fazendeiro Joaquim Maria Maquiné, o "Seu Maquiné", é considerada o berço da paleontologia brasileira e possui sete salões com belíssimas formas arquitetônicas, esculpidas pelo trabalho da água durante milênios.
A exploração científica do local foi realizada pelo dinamarquês Peter Wihelm Lund, quase uma década depois do achado na fazenda de Seu Maquiné. Ele fazia peregrinações pela bacia do Rio das Velhas à procura de espécies de animais e vegetais. 
A Gruta do Maquiné se tornou ponto turístico da terra do escritor Guimarães Rosa por abrigar, ao longo de 650 metros, belas esculturas naturais e estalactites de diversas formas no teto da caverna. A área aberta para os visitantes, com aproximadamente 400 metros de extensão, é estrategicamente iluminada para realçar as figuras desenhadas pelo tempo. O passeio pela gruta é feito por seguras passarelas e é acompanhado por um guia local.

Os salões e as galerias encantam e provocam a imaginação do turista. No Salão do Urso ou do Elefante, por exemplo, um grande cogumelo lembra o formato da explosão de uma bomba atômica. Já na Galeria das Fadas, é possível encontrar cristais brilhantes, parecidos com franjas, grinaldas e lustres.



Gruta do Maquiné por nós

O passeio a gruta é muito interessante. Quem tem claustrofobia passa perrenho neste tipo de passeio. É um passeio cheio de belas imagens.

Em todas as grutas fomos desafiados a desfrutar de algo que tínhamos medo, que nos trás uma adrenalina diferenciada e acima de tudo emoções diferentes.

Vero que a natureza é capaz de fazer é algo muito lindo, é como eu costumo dizer: "A natureza revela o seu criador, portanto é impossível dizer que Deus não existe."

Recomento que, mesmo se você não gostar deste tipo de passeio, que você experimente uma das grutas.
Como chegar à Gruta do Maquiné partindo de Belo Horizonte:

É preciso seguir pela BR-040, sentido Sete Lagoas, permanecendo na rodovia até o acesso a MG-231. A Gruta está localizada no km 7.





Nenhum comentário:

Postar um comentário