menu

22 de abril de 2020

PARAÍSOS VIRAM CIDADE FANTASMAS | UaiSôMochilando Blog

Paraísos do Nordeste viram "cidades-fantasma" devido ao covid-19


Praias de Pernambuco e Alagoas têm fechamento e restrição de transporte; sustento de muitos moradores, turismo tem queda de receita.

Quem vive em Porto de Galinhas, uma das praias mais badaladas de Pernambuco e destino do nosso #DeFérias #2019, que estava acostumado a conduzir visitantes por paraísos naturais, tem visto apenas o vazio.


Praia de Porto de Galinhas - Ipojuca PE
À beira-mar, onde guarda-sóis e banhistas disputam cada palmo de areia na alta temporada, não se vê ninguém. 

No centro comercial, veja nosso vídeo por lá, a mesma coisa. 

Até mesmo a Rua das Sombrinhas, enfeitada com adereços de frevo e queridinha da turma da selfie, está vazia. 

Com o isolamento social e a suspensão de atividades turísticas por causa do novo coronavírus, o covid-19, o esvaziamento populacional é uma realidade enfrentada por vários destinos do Nordeste. 

Entre as medidas, há locais que só permitem entradas de moradores e proíbem expressamente o banho de mar. 

Para dar um mergulho, só escondido de policiais militares ou guardas-civis que fiscalizam a orla e se esforçam para retirar pessoas que não seguem as restrições.

Famosa pelas piscinas naturais de águas cristalinas e cenário paradisíaco, a Praia dos Carneiros, na cidade de Tamandaré, também virou "fantasma". 

Pousadas, hotéis, bares e restaurantes cerraram as portas. 

Em lojas de conveniência, vendedores entregam produtos aos clientes através de janelas de proteção.

O boletim do Ministério da Saúde, emitido na terça-feira dia 14, mostra 1.284 casos e 115 mortes por coronavírus no estado de Pernambuco. 

Mesmo antes de confirmar seus dois primeiros casos de covid-19, equipes de vigilância em saúde da Ilha de Itamaracá, no litoral norte, fazia abordagens na estrada a carros, vans e ônibus, antes de entrar na cidade. 

Em rede social, a prefeitura incentiva, ainda, que a população denuncie ocorrências de desrespeitos ao isolamento social.