menu

22 de janeiro de 2020

UM ANO DO ROMPIMENTO DA BARRAGEM EM BRUMADINHO | UaiSôMochilando Blog

Por: Júnior de Carvalho



Hoje são 22 de janeiro e, no próximo sábado, o trágico dia em que a barragem da Vale se rompeu em Brumadinho completará um ano.


O rompimento de barragem em Brumadinho, em 25 de janeiro de 2019, resultou em um dos maiores desastres com rejeitos de mineração no Brasil. 

A barragem de rejeitos, cuja designação oficial era barragem da Mina do Feijão, classificada como de "baixo risco" e "alto potencial de danos", era controlada pela Vale S.A. e estava localizada no ribeirão Ferro-Carvão, na região de Córrego do Feijão, no município brasileiro de Brumadinho, a 65 km de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Segundo fontes oficiais são mais de 242 mortos e ainda há pessoas desaparecidas em meio a tudo o que ocorreu há quase dois anos.

As investigações continuam até hoje e nada foi efetivamente definido, a VALE efetuou um processo de ajudar a moradores da região, porém a empresa já está começando a se negar a prosseguir com esta ajuda.

Vejamos o que acontecerá a seguir e se a impunidade prevalecerá como em Mariana, que teve uma quantidade menor de vítimas e até hoje está impune.