menu

Anuncie aqui.

Booking.com

2 de agosto de 2017

MUSEUS - DIAMANTINA MG - PARTE II

Por Junior de Carvalho


Depois de falar um pouco sobre as cachoeiras de Diamantina [post anterior], vamos explorar um pouco da parte cultural. Hora de mergulhar na história conhecendo o Museu do Diamante, a Casa de Juscelino e a  Casa de Chica da Silva.


MUSEU DO DIAMANTE



O nome é pretensioso, mas a realidade é outra.

O museu só tem um quartinho dedicado ao Garimpo do diamante, mas não impressiona. 

O Museu possui peças interessantes da época colonial e da exploração de diamantes na região. 
A visita é acompanhada por um monitor que conta fatos  e histórias interessantes sobre a mineração em Diamantina.

Resumindo, este museu retrata de forma muito básica o garimpo e deixa um pouco de lado o "diamante", mas vale a pena conhecer, só não é uma atração "imperdível" da cidade.

É possível se decepcionar com o lugar, pois se espera conteúdo muito mais profundo acerca do descobrimento de diamantes na região, entretanto o foco é mesmo a história do garimpo, incluindo peças do acervo de maquinas ferramentas antigas.

No quesito passeio, é muito bom, mas para quem não curte visitação a museus o meu conselho é: "não perca seu tempo..."

CASA DE JK


Mai uma vez nos deparando com um museu que não se mostrou interessante. Porém, como o nome diz, foi a casa de Juscelino e por isso visitar este lugar é respirar história.

A casa está preservada e contem objetos que pertenceram ao ex-presidente e tenta retratar como foi a sua juventude em sua cidade natal.

Paga-se R$10,00 (dez reais) para efetuar a visita, um valor "relativamente simbólico" para que o local se mantenha preservado.




CASA DE CHICA DA SILVA


A casa de Chica da Silva, um casarão construído para moradia da famosa escrava que se tornou senhora, é um lugar especial em Diamantina.

O local é preservado, bem cuidado. Entretanto não possui nenhum móvel da época, mas é uma atração aberta ao público. Contem muitas imagens, quadros e pinturas, obras que retratam a escrava mais famosa do Brasil.



A casa, em estilo colonial, encanta os visitantes e demonstra o glamour que Chica da Silva tinha, o que também demonstra o motivo de ter chagado tão longe.


Todos os museus da cidade devem ser encarados como passeios culturais e, caso não tenha interesse neste tipo de passeio, deverá desistir de fazê-lo, pois são simplórios dada a importância que cada uma das casa tem, no sentido histórico.

Na próxima semana, falaremos sobre a parte gastronomia e com certeza interessa a todos os publicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário