. .

COMO MANTER O CONTROLE FINANCEIRO DURANTE UMA VIAGEM | UaiSôMochilando Blog

Como não perder o controle do dinheiro durante a viagem é uma excelente dica.



Todos nós sabemos que boa experiência de viagem tem grande influência da organização que damos a ela. E, se tratando de dinheiro, o acompanhando de quanto temos e quanto vamos usar é imprescindível para evitar perrengues. Para te ajudar, trouxemos um pequeno roteiro de como não perder o controle do dinheiro durante a viagem.

Para que a gente consiga aproveitar passeios, visitações, os melhores pratos da culinária e tudo que o destino nos oferece, é preciso ter o bolso alinhado aos nossos planos. Então, confira de forma você poderá manter a ordem do seu dinheiro e curtir como merece o seu investimento!



| Como Organizar e Gerenciar o Orçamento da Viagem Por Etapas

- Pesquise uma média de gastos antes de viajar.

Quanto custa comer? 
Onde se hospedar? 
Como se locomover? 
Como visitar as atrações que desejo ir?

Todas estas perguntas podem ser respondidas utilizando a Internet a seu favor e buscando valores através de experiências de outras pessoas, como a gente, nas redes sociais de estabelecimentos e de venda de ingressos prévios em sites oficiais, por exemplo.

Listar os valores é fundamental para saber se o que você possui para investir no destino é suficiente. Afinal, ninguém merece viajar a uma cidade ou país e descobrir que terá que economizar cada centavo todos os dias para conseguir ficar no destino. Uma viagem confortável financeiramente ajuda na boa experiência e nas boas memorias.

| Reserve os valores destinados aos planos

Após definir se é possível custear a viagem, liste tudo que serão gastos diários, que entrarão na sua programação e defina o valor limite para cada dia no destino.

Nunca deixe este número como algo fixo ou sob um limite muito apertado para seus planos. A gente só descobre, de fato, quanto custam as coisas e quanto vamos gastar, já durante a viagem e nossos valores definidos podem ser modificados.

Por isso, os gastos diários devem ter uma margem para mais para uma viagem confortável. E, o melhor de tudo, é que se a sua organização for cumprida, ainda vai sobrar dinheiro para você viver experiências ainda melhores no destino.

Entao, busque previamente a melhor forma de pagar sua comodação, transportes, passeios, alimentacao e todos os investimentos.

| Contabilize os Gastos Diários

Já durante a experiência, o comprometimento com a organização não pode ficar de lado. Junte todas as notas fiscais, comprovantes e compras efetuadas em cartão ao fim de cada dia e faça uma espécie de balanço: quanto gastou; se equivaleu a média diária; quanto sobrou.

Esse hábito é importante para conferir se o valor destino aos gastos diários que você programou antes de embarcar está sendo seguido e suficiente. Além disso, essa prática é também um cuidado para você ter noção das suas despesas, repensar seus investimentos, se for necessário, e controlar melhor o seu dinheiro.

Não é difícil tirar dez minutos enquanto estiver no hotel para somar tudo e comparar com o orçamento programado e isso ainda vai te ajudar a manter as finanças nos trilhos durante a viagem.

Conforme você acompanha quanto gasta e compara com seu orçamento diário, vai entender dentro de dois dias, em média, como esta sendo o seu hábito de consumo na viagem. Assim, poderá equilibrar com maior flexibilidade novos valores para as medias de cada dia.

Após conferir quanto as coisas realmente custam no destino, ficara mais fácil programar os dias que você vai precisar gastar mais ou aqueles que pode economizar, a depender da programação.

| Considerações

Apesar de parecer muito prático na teoria, esta organização funciona e facilita a vida do viajante. Você só precisa dedicar um pouco de tempo prévio `a viagem para deixar tudo alinhado e tirar poucos minutos para ir acompanhando tudo.

--------------------------------------------------------
Fonte: Estevam Pelo Mundo
Data: 16/04/2022 -Milena Lopes
---------------------------------------------------------