menu

27 de fevereiro de 2019

UM DIA TRISTE | Opinião UaiSôMochilando

Por: Junior de Carvalho



Segunda passada, dia 25, fez um mês que essa tragédia aconteceu. As 12 horas e 28 minutos, horário em que a barragem se rompeu... 




Hoje um helicóptero jogou pétalas de rosas sobre o Rio Paraopeba neste mesmo horário, como forma de homenagear os mortos e desaparecidos levados pela lama.

Familiares e amigos das vítimas do rompimento da barragem 1, na Mina Córrego do Feijão, da Vale, se reuniram no centro da cidade em uma ato público.

A tragédia completou um mês e até o fechamento deste post eram 179 mortes confirmadas e 131 pessoas desaparecidas; um saldo terrível para a Vale e para a história daquele dia.

Em luto, os moradores de Brumadinho também homenagearam as pessoas envolvidas no resgate das vítimas, como os bombeiros militares e civis e os voluntários.